Skip to main content

Carrinho

Sou noiva e…supersticiosa!

By Noivas No Comments

O pedido foi feito, o “sim” foi dito…e  agora?

Começam as dúvidas, as inquietações, o receio, as normas que todos fazem questão de lembrar, as superstições que têm de ser cumpridas para que tudo resulte num casamento feliz e duradouro.  Relaxe, a maioria delas nasceram do imaginário popular e mantêm-se mais por tradição do que por crença.

Mas sabe quais são os fundamentos por trás de algumas dessas superstições? Nós selecionámos  algumas e, não vá o diabo tecê-las, sugerimos que não se esqueça de as cumprir, quanto mais não seja pelo simbolismo delas!

Atirar a liga

Diz-se que há largas centenas de anos, após o casamento, a família e amigos dos noivos esperavam fora do dormitório nupcial que o casamento fosse consumado. Os noivos teriam de o confirmar através de algumas evidências: a noiva atiraria as meias, a liga, lençóis…. Mais tarde, a liga começou a ser considerada como símbolo de sorte, pelos que os convidados tentavam tirá-la à noiva. Para evitar a confusão de serem perseguidas, as noivas começaram a mandá-la, havendo também hoje em dia jogos em que o noivo junta um grupo de homens solteiros para lhes atirar a liga – crê-se  que o que apanhar, é o próximo a casar

[zorka_button button_label=”Conheça a colecção de acessórios” link=”httpss://www.modacafe.pt/categoria-produto/acessorios/acessorios-noivas/” link_target=”yes” css_animation=”appear” el_class=”buttoncenter”]

Chover no dia do casamento

Nalgumas culturas, a chuva no dia do casamento simboliza fertilidade e limpeza. Já reza o provérbio popular que “Casamento molhado, casamento abençoado”. Mesmo que possa trazer algum constrangimento, sinta-se feliz pela bênção e aproveite  para tornar o dia mais original, por exemplo, através de fotografias dinâmicas e criativas com guarda-chuva.

[vc_single_image image=”12028″ img_size=”full” alignment=”center” onclick=”link_image”]

O noivo não pode ver o vestido antes do casamento

Remontando ao tempo dos casamentos arranjados, esta superstição nasce do receio de que se os noivos se vissem antes da cerimónia, podiam mudar de ideias e decidir não casar.  Para evitar que isto acontecesse, começou-se por dizer que dava azar. Hoje em dia, esta tradição assume um papel de suspense e mistério, adicionando o fator surpresa ao dia. Assim, todos são testemunhas do momento em que o noivo vê a sua amada no vestido pela primeira vez, a caminhar até ele. Existe momento mais mágico que este?

Atirar o ramo

Este ato simboliza a partilha da felicidade da noiva com as suas amigas solteiras e o desejo que sintam o mesmo. Por isso, a noiva atira o ramo e crê-se que a primeira a apanhá-lo será a próxima a casar.

[vc_single_image image=”10577″ img_size=”large” alignment=”center” onclick=”link_image”]

Usar um véu

Este costume tem várias interpretações e fontes diversas, como por exemplo, há quem diga que a origem do uso do véu vem da Roma Antiga onde, temendo que os espíritos malignos tivessem ciúmes da felicidade, a Noiva usaria um véu para se esconder deles e evitar qualquer atração maligna. Outras referências sugerem que o véu dá um ar angelical à Noiva e é por isso símbolo da pureza e virgindade.

Independentemente do verdadeiro significado, nós achamos que o véu é um acessório que personifica o charme e requinte da Noiva. Junte-lhe uma tiara e transforme-se numa Rainha e na pessoa mais importante do dia.

[vc_single_image image=”12142″ img_size=”large” alignment=”center” onclick=”link_image”]

Chover no dia do casamento

Nalgumas culturas, a chuva no dia do casamento simboliza fertilidade e limpeza. Já reza o provérbio popular que “Casamento molhado, casamento abençoado”. Mesmo que possa trazer algum constrangimento, sinta-se feliz pela bênção e aproveite  para tornar o dia mais original, por exemplo, através de fotografias dinâmicas e criativas com guarda-chuva.

Em breve poderá saber como surgiram mais superstições.

Posso ajudar?